Nós somos protegidos quando habitamos no esconderijo do Altíssimo.

Nós somos protegidos quando habitamos no esconderijo do Altíssimo.

Mas onde é esse esconderijo?
Creio que a resposta pode ser encontrada nos dois nomes de Deus mencionados no verso primeiro: Altíssimo e Onipotente. Altíssimo é El Elyon no hebraico e Onipotente é El Shadday. ➤ El Elyon
A primeira menção de El Elyon, Deus Altíssimo, está em Gênesis 14. Quando Abraão retornava da guerra contra os quatro reis, Melquisedeque lhe saiu ao encontro. Melquisedeque era sacerdote de El Elyon e trouxe a Abraão pão e vinho, mostrando que era um tipo de Cristo. E ele liberou uma bênção sobre Abraão.

Após voltar Abrão de ferir a Quedorlaomer e aos reis que estavam com ele, saiu-lhe ao encontro o rei de Sodoma no vale de Savé, que é o vale do Rei. Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; era sacerdote do Deus Altíssimo; abençoou ele a Abrão e disse: Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, que possui os céus e a terra; e bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus adversários nas tuas mãos. E de tudo lhe deu Abrão o dízimo. (Gn 14.17-20)

A palavra “Salém” vem de “Shalom”, que significa “paz”. Melquisedeque era o rei da paz, o que claramente aponta para o Senhor Jesus. O livro de Hebreus declara que o Senhor Jesus é sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque.

O nome Melquisedeque significa “rei de justiça”. E esse rei trouxe a Abraão pão e vinho, apontando para a ceia. Muito antes de o Senhor vir e morrer, Deus já havia estabelecido o seu propósito de nos tratar de acordo com a Nova Aliança. Nessa passagem, onde está a primeira menção de El Elyon, encontramos também a primeira menção da ceia e do dízimo.
– Pr. Aluízio Silva

Tags