Sinais do tempo do fim

Conheça os aspectos da vinda do Senhor e saiba como ser encontrado fiel por Ele

A expressão “sinais dos tempos” não é propriamente uma expressão nova. Em sua discussão com os líderes religiosos judeus, Jesus os acusou de serem incapazes de interpretar os sinais dos tempos.

Aproximando-se os fariseus e os saduceus, tentando-o, pediram-lhe que lhes mostrasse um sinal vindo do céu. Ele, porém, lhes respondeu: Chegada à tarde, dizeis: Haverá bom tempo, porque o céu está avermelhado; e, pela manhã: Hoje, haverá tempestade, porque o céu está de um vermelho sombrio. Sabeis, na verdade, discernir o aspecto do céu e não podeis discernir os sinais dos tempos? Uma geração má e adúltera pede um sinal; e nenhum sinal lhe será dado, senão o de Jonas. E, deixando-os, retirou-se. (Mt 16.1-4)

Jesus ficou maravilhado que esses religiosos eram capazes de olhar para o céu e ler os sinais para saber que tipo de clima estava vindo, mas não puderam ler o sinal de sua presença entre eles como o Messias. Ele disse que o único sinal que iriam receber seria o sinal de Jonas. Isso é uma clara predição de sua ressurreição (Mt 12.40).

O que Jesus disse aos fariseus dois mil anos atrás é verdade para nós também. Podemos ler os sinais do tempo, mas muitas vezes somos cegos para os sinais espirituais ao nosso derredor. Os fariseus não liam os sinais claros da primeira vinda de Jesus, e muitas pessoas hoje estão cegas para os sinais claros que apontam para a segunda vinda de Cristo. Deixe-me compartilhar quatro sinais espirituais que são demasiadamente claros para não percebermos.

O SINAL DA NOVA ORDEM

Em nossa última ministração, quando falamos do governo mundial, nós nos referimos várias vezes à intenção que existe de estabelecer um governo mundial. Eu mostrei que a mente que está por detrás de tudo isso é a mente de Lúcifer, mas alguns me questionaram que ele precisa usar algum grupo como instrumento para isso. Então, a pergunta seria: quem são estes que estão promovendo uma nova ordem mundial? Naturalmente, existem muitos grupos que trabalham para isso, mas eu diria que há três forças lutando para ter a hegemonia nessa nova ordem: os grupos globalistas, as ditaduras comunistas e os muçulmanos.

AS FORÇAS GLOBALISTAS

Todos os anos, em Davos, na Suíça, políticos, empresários e executivos das maiores corporações do mundo se reúnem para discutir a economia e os rumos da política global num evento chamado Fórum Mundial. Você pode ter certeza de que eles não se reúnem ali apenas para se socializarem, existe uma agenda que esse grupo segue. E essa agenda, no fim, nos levará a um governo global.

Esse pessoal que se reúne em Davos normalmente são também membros de sociedades secretas. Todos já ouvimos falar, por exemplo, dos Iluminatis. Para muitos, eles não passam de imaginação, mas trata-se de uma organização real. A sociedade dos Iluminatis foi fundada na Alemanha, no fim do século XVIII. Há muitas lendas sobre os Iluminatis, mas eles ainda existem.

Outra sociedade secreta muito influente é o Grupo de Bilderberg. Essa sociedade também é constituída da elite política e econômica do planeta. Eles se reúnem oficialmente uma vez por ano, e, na última reunião, estavam presentes Jared Kushner, genro do presidente Donald Trump, Satya Nadella, CEO da Microsoft, Eric Schmidt, ex-presidente do Google, o bilionário Peter Thiel, fundador do PayPal, e o ex-secretário de Estado, Henry Kissinger. O grupo tem um poder genuíno que supera de longe o Fórum Econômico Mundial.

Entretanto, a mais antiga e influente sociedade secreta é a maçonaria. Como nós conhecemos hoje, a maçonaria surgiu na Inglaterra e Escócia, no século XV. A maçonaria é cheia de segredos, mistérios e esoterismo místico. Ela esteve envolvida diretamente nos maiores eventos dos últimos séculos, mas isso normalmente não é do conhecimento das pessoas em geral. Os pais da nação americana eram maçons. A cidade de Washington foi toda construída em cima de símbolos maçônicos. É visível o símbolo maçônico do olho que tudo vê e da pirâmide na nota de um dólar. Tanto a revolução americana quanto a francesa foram promovidas por maçons. E é certo que, em todos os grandes eventos do último século, os maçons estavam envolvidos.

Como existe muita coisa fantasiosa a respeito dessas organizações, é fácil cair no engano de pensar que elas não têm poder algum ou que são apenas teorias estúpidas da conspiração. Isso é um engano. Essas pessoas estão envolvidas diretamente em cerimônias claramente ocultistas. Todas essas organizações controlam o fluxo de eventos detrás dos bastidores, empurrando as pessoas constantemente e de forma encoberta na direção de um governo mundial do anticristo.

Para mim, parece evidente que o diabo está atuando por meio desses grupos para trazer o governo totalitário da besta. Muita coisa tola e estranha tem sido falada sobre esse futuro governo mundial, mas até isso é feito para desacreditar a profecia bíblica. Eu creio qu o cenário está se armando diante de nós.

A FORÇA ESQUERDISTA

A segunda força globalista é o esquerdismo. O pensamento dos países ocidentais é hegemonicamente esquerdista. Nas universidades, os alunos são treinados para pensarem dessa forma e qualquer outro tipo de pensamento é totalmente rechaçado.

O que percebemos hoje é que, aos poucos, a China tem sido colocada como um padrão para os outros países. É impressionante ver como todos os países do Ocidente simplesmente seguiram uma orientação da OMS para lidar com a pandemia baseados no que os chineses haviam feito. A China é uma ditadura e, para eles, é normal parar o país, mas isso era impensável nos países ocidentais. Hoje, todos acham normal.

O pensamento esquerdista está por trás do crescimento da iniquidade nesta geração.

• A Rede Globo defendeu, num programa de domingo, um assassino pedófilo como se ele fosse uma vítima da sociedade. Já há pessoas defendendo que o pedófilo é apenas alguém incompreendido.
• As escolas estão totalmente controladas e são usadas para ensinar todo tipo de ideologia anticristã, como a ideologia de gênero.
• A arte tem sido transformada num tipo de obscenidade, como vimos em museus anos atrás.
• Tentar coibir a pornografia é mostrado como uma violação da liberdade de expressão e liberdade de imprensa.
• Estão apresentando a homossexualidade, a degeneração e a promiscuidade como algo “normal, natural e saudável”.
• Hoje há uma promoção constante da legalização da maconha. Isso já aconteceu no Uruguai, em muitos estados americanos e certamente acontecerá também no Brasil.
• O esquerdismo infiltrou-se nas igrejas e substituiu a religião revelada pela religião “social”. Há uma tentativa de desacreditar a Bíblia como sendo palavra de Deus, afirmando que apenas contém a palavra de Deus.
• O pensamento dominante é tratar todos os problemas de comportamento e problemas morais como distúrbios psiquiátricos, os quais ninguém, exceto psiquiatras, conseguem entender ou tratar.
• A família tem sido desacreditada como uma instituição. Em lugar dela, existe o poliamor.

Hoje, no Brasil, quase todos os partidos se declaram de esquerda, e os chamados de direita são demonizados como radicais, intolerantes ou como folclóricos incultos e retrógrados. Se você quer parecer inteligente para este mundo, precisa se alinhar com o pensamento dos esquerdistas.

Eu não tenho dúvidas de que tudo isso é uma preparação do diabo para o governo mundial do anticristo. Isso está mais próximo do que imaginamos. A base de todo o pensamento mundano é a ideologia de esquerda. Creio que um cristão nunca deveria votar num partido que possui esse tipo de ideologia. Fazendo isso, ele está se moldando ao mundo e ajudando o inimigo a estabelecer o seu governo na terra.

Depois de ler isso, você pode pensar que estou defendendo alguma teoria de conspiração. O dicionário diz que conspiração é um plano maligno formulado em segredo por duas ou mais pessoas. Mas um plano ou agenda é algo público. O que os partidos de esquerda estão fazendo não é uma conspiração, mas uma agenda com alvos claros e definidos. Através do politicamente correto e do emburrecimento, essa gente está nos levando a perder a nossa capacidade de chamar mal de mal e de nos levantarmos contra ele.

A DIFUSÃO DO ISLÃ

O islamismo tradicional é uma religião cheia de muitos membros nominais que seguem apenas uma pequena parte dos ensinos de Maomé. Mas existe um grupo de muçulmanos que abraçaram a ideia de uma jihad contra todo o mundo ocidental. A religião muçulmana almeja o governo mundial.

Precisamos estar atentos a esse sinal porque, depois dos ataques de 11 de setembro, não há um dia sequer que não haja na mídia notícias sobre o Islã. Palavras como Al Qaeda, Taleban, Hamas e Fatah e Sharia se tornaram parte do nosso vocabulário.

Há muitas nações islâmicas e elas têm uma coisa em comum: seu ódio a Israel. Quando se tornou presidente do Irã, em 2005, Mahmoud Ahmadinejad disse: “Israel é uma mancha vergonhosa que deve ser varrida da face da terra”.

Isso não nos surpreende, porque a Bíblia prediz que, no fim dos tempos, todas as nações do mundo iriam atacar Israel e ainda dá o tamanho do exército atacante, seriam 200 milhões de soldados.

Virás, pois, do teu lugar, dos lados do Norte, tu e muitos povos contigo, montados todos a cavalo, grande multidão e poderoso exército; e subirás contra o meu povo de Israel, como nuvem, para cobrir a terra. Nos últimos dias, hei de trazer-te contra a minha terra, para que as nações me conheçam a mim, quando eu tiver vindicado a minha santidade em ti, ó Gogue, perante elas. (Ez 38.15-16)

O número dos exércitos da cavalaria era de vinte mil vezes dez milhares; eu ouvi o seu número. (Ap 9.16)

Não é difícil imaginar nações islâmicas vindo contra Israel. Além disso, com a expansão do terrorismo, um “exército” não se parece mais como costumava ser. Talvez não devêssemos pensar em 200 milhões de soldados todos vestindo uniformes, segurando rifles, de pé em formação. O exército de terroristas não usa uniformes.

A expansão do islamismo radical está diretamente relacionada com as formas mais fanáticas do Islã. Eles dominam alguns países que possuem algumas das mais ricas reservas de petróleo do mundo. Os líderes desses países, os quais são teocracias islâmicas, tratam essa descoberta como prova de que Deus favorece suas crenças. E eles usam a sua imensa riqueza em petróleo para financiar um movimento evangelístico espalhando o veneno do Islã militante por todo o mundo.

Todos nós estamos conscientes da propagação do Islã em todo o mundo. Na Grã-Bretanha, há mais mesquitas do que igrejas e há quatro vezes mais muçulmanos orando na sexta-feira do que cristãos adorando no domingo. Nos EUA, a população muçulmana continua crescendo. Existem hoje cerca de 3 milhões de muçulmanos que vivem na América. Isso é mais do que o número de presbiterianos, episcopais, ou Assembleias de Deus.

Mas o perigo não é apenas de militantes muçulmanos. Devemos também estar atentos à tentativa por parte dos muçulmanos de instituir tranquilamente suas leis de cultura e sharia em todo lugar. Isso deve acontecer quando eles se tornarem a maioria da população nos países europeus. Nós precisamos perceber que tudo isso são sinais do fim. Esteja atento a tudo o que acontece no Oriente. Os muçulmanos radicais querem toda a influência ocidental fora do mundo árabe, e depois querem que o mundo inteiro se converta ao islamismo.

O SINAL DO OCULTISMO

O ocultismo está presente em toda a cultura popular. Isso tem acontecido já há muito tempo. Na década de 60, os Bettles introduziram no mundo a religião hinduísta. Vemos todo tipo de artista se envolver com bruxaria e satanismo. Não duvide que tais pessoas venderam a alma ao diabo para terem fama. O escrito brasileiro mais lido no mundo é Paulo Coelho. Não é segredo o seu envolvimento com a magia. Segundo a revista Veja, ele diz que vendeu a alma ao diabo e que o diabo estava mais interessado nele do que ele no diabo.

Outro exemplo é Harry Poter, uma série de livros que mostra os poderes ocultos como algo “bonitinho”. Já foram vendidas 450 milhões de cópias em todo o mundo, tornando a série o maior best-seller da história, sendo traduzida para 73 idiomas. Veja como o diabo tem entrado na vida das pessoas. Todos esses ensinamentos levam as crianças que leem esse livro a se envolverem com espíritos malignos, e isso vai destruí-las. Todas as religiões da Nova Era promovem o ocultismo, e aqueles que estudam esse assunto conseguem perceber os símbolos em quase todo tipo de atividade cultural.

A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Nos anos 80, os pastores acreditavam que o anticristo seria um supercomputador. A ideia para muitos parecia absurda, mas hoje esse pensamento não está assim tão longe da realidade. Existem trabalhos sérios sendo feitos para criar uma conexão entre o cérebro humano e um processador de computador. Parece tratar-se de ficção científica, mas a inteligência artificial tem crescido muito. Gente conhecida, como Elon Musk, criador da Tesla, está envolvida nesses projetos.

Não é mais absurdo pensar que a besta será um ser híbrido. O espírito do diabo vai se apossar completamente de uma criatura assim.

PERGUNTAS PARA COMPARTILHAR:

1 – Quais são os sinais da nova ordem mundial?

Tags