Livres para Reinar

Livres para Reinar

Já vimos que o Senhor nos chamou para uma vida abundante. Na carta de Paulo aos Efésios, lemos acerca da nossa nova posição, pela qual estamos assentadas juntamente com Cristo, à direita do Pai nos lugares celestiais, acima de todo principado e potestade, poder e domínio (Ef 1.20,21;2.6). Por isso, não precisamos temer coisa alguma, estamos em uma posição de autoridade no mundo espiritual sobre todo poder do inimigo. Portanto, para avançarmos em Deus e para alcançarmos os lugares altos que Ele tem para cada uma de nós, é necessário romper com tudo o que nos impede de prosseguir em nossa vida cristã.

Vencendo o mundo

Vamos aprender um pouco mais com Ester, que tem muito a nos ensinar durante todo o processo que percorreu até ser coroada rainha. Já vimos que, nesse processo, Ester esteve junto com outras moças durante doze meses, sendo preparada e tratada com óleos, especiarias, perfumes, uma dieta equilibrada para estar com seu corpo em forma, com sua pele macia e cheirosa para que fosse a escolhida pelo rei (Et 2.9,12).

Pense em como Ester se portava quando tudo e todas ao seu redor enfatizavam apenas a condição e as formas do corpo e a beleza do rosto. Nós mulheres gostamos de nos cuidar, e não há nada de errado nisso. Com o avanço da tecnologia, nunca houve tantas opções para os tratamentos de estética e antienvelhecimento. Damos graças pelas unhas de gel, de porcelana, tratamentos de coloração, depilações a laser, banhos de lua e muito mais.

O problema não é se cuidar, e sim fazer disso o centro, a coisa mais importante na vida. Conheço mulheres que passam três horas na academia e mais duas em clínicas de estética, em Spa, massagens, saunas, tratamentos anticelulite e tudo mais. Elas só pensam nisso e só falam sobre isso, mas não são capazes de gastar ao menos uma hora para buscar a Deus. Veja, tudo isso é transitório e vazio em si mesmo. Não é essa beleza a mais importante na vida de uma mulher, mas a interior, um coração que ama o Senhor. Esta, sim, tem grande valor diante de Deus.

Ester, como uma mulher de Deus e com uma vida consagrada a Ele, certamente se absteve de tudo aquilo. Com certeza, ela não se contaminou com os valores e nem com a maneira como aquelas mulheres se portavam.

Prosseguindo para o alvo

O que define quem somos não é o que vemos, o que ouvimos ou as nossas experiências do passado. Muitas delas vêm para nos marcar e nos ferir desde a infância. Situações diversas, como maus tratos, violência, abuso sexual e pais ausentes, podem deixar nossas lembranças e sentimentos cativos e escravos das pessoas que nos feriram por toda a vida.

Realmente, muitas experiências ruins pelas quais passamos têm o poder de nos marcar por toda a vida, porém nós não somos como uma foto que não pode ser mudada, mas temos acesso ao nosso retrato para mudá-lo, desenvolvendo a nossa real imagem. Assim como uma sombra escura distorce a real visão de uma fotografia, uma boa iluminação produz uma boa fotografia. A luz de Deus traz à tona a nossa real imagem. Veja, se nascemos de novo e temos Cristo dentro de nós, temos a luz. Ele é a luz do mundo (Jo 8.12). Dessa maneira, ao vermos Cristo em nós, vemos a luz. Então, faz-se necessário deixar de olhar para nós mesmas, isto é, para as nossas falhas, nossas imperfeições e olhar para o Cristo que está dentro de nós! Ele é perfeito. Esta é a nossa real imagem, Cristo.

Da mesma maneira que Deus mudou a sorte de Ester, Ele mudou a nossa sorte. Ele é expert em pegar aqueles que não são e transformá-los naqueles que Ele quer que sejam; em pegar passados destruídos, sem esperança, sem perspectivas, e transformá-los em futuros brilhantes; em pegar mulheres improváveis e transformá-las em princesas e rainhas que se assentarão no trono ao lado do Rei dos reis. Ali irão reinar sobre as circunstâncias e sobre o mundo espiritual. Como Ester, seremos canais de Deus para mudar histórias e destinos. Iremos manifestar o reino de Deus onde estivermos.

Ester não fundamentou a sua vida e o seu futuro em suas experiências do passado. A jovem órfã deportada do cativeiro da Babilônia deixou as suas frustrações e inseguranças da infância e adolescência para trás e avançou para o alvo, rumo ao grande propósito que Deus tinha para a sua vida. Eu a desafio a fazer o mesmo que Ester. Não perca mais tempo. Rompa com qualquer cadeia que esteja impedindo-a de prosseguir para o alvo, para os grandes e altos desígnios de Deus para você.

Preparando-se para reinar

Já falamos muito sobre o assunto de romper com as experiências ruins do passado. Mas é importante lembrar que Ester somente pôde ser escolhida e estabelecida como rainha depois de ter sido completamente curada em relação a suas experiências do passado. O fato de Ester apresentar traços tão fortes de determinação e coragem nos mostra que ela era uma pessoa totalmente resolvida em relação a esse assunto.

Creia que o Senhor está também preparando, curando, tratando-a para se encontrar com o Rei, casar-se e viver com Ele por toda a eternidade. E não somente lá, mas, como rainhas, reinarmos e exercermos autoridade sobre o mundo espiritual hoje onde estivermos. O tratamento do Senhor em nossas vidas tanto pode ser instantâneo como pode acontecer através de um processo. Deus trata, cuida e cura cada uma de nós de maneiras diferentes, pois passamos por diferentes situações em nossa vida.

 A Bíblia tem o poder para nos curar, porque é a própria Palavra de Deus. À medida que nos alimentamos dessa Palavra, somos cheias de fé, de alegria e o nosso espírito é fortalecido. Toda doença vai embora e recebemos a completa cura em nossas vidas. Assim como precisamos nos alimentar com alimento natural, o nosso espírito precisa ser alimentado com a Palavra de Deus. A leitura da Bíblia juntamente com a prática da oração diária é uma disciplina imprescindível para crescermos em Deus e para recebermos cura em nossa vida.

Ester não olhou para as circunstâncias, para o gigante, para o seu inimigo materializado na pessoa de Hamã. Ester se firmou em seu Deus e em suas promessas para ela e para o seu povo. Por que ela não hesitou em se posicionar diante daquela situação tão terrível? Porque ela conhecia o Deus a quem servia, conhecia a sua palavra e sabia que poderia confiar n’Ele. Por isso é tão importante nos alimentarmos da Palavra de Deus e a tomarmos como arma e proteção para nossa vida. Como mulheres de Deus, devemos nos posicionar naquilo que Deus fala em sua Palavra. Assim como o Senhor escolheu Ester, Ele escolheu você.

 

Palavra editada retirada do livro Identidade Real – Pra. Marília Pedroza