top of page
Buscar

Esperar de homens nos impede de prosperar

Atualizado: 11 de ago. de 2023

Muitos esperam em homens e por isso perdem a oportunidade de ter uma história com Deus

Sua colheita vem através de pessoas, mas não tem origem nas pessoas. Sua prosperidade não vem de homens, e sim de Deus. Mas eventualmente nos esquecemos disso e começamos a depender de homens.

Como você sabe se está dependendo de homens em vez de depender de Deus? Quando você fica zangado com o chefe, que não lhe deu aquele aumento desejado; quando fica furioso com um parente que se recusa a lhe emprestar aquele dinheiro; esta é a prova de que você crê que sua fonte financeira é o homem, e não Deus.

Muitos esperam em homens e por isso perdem a oportunidade de ter uma história com Deus. A história deles é só de parentes avarentos e patrões sem coração. Minha história é de entrar para o quarto, clamar a Deus e ver o milagre. Que história você quer contar? Há aqueles também que fazem do governo o seu deus. Sua vida é esperar do governo e cobrar-lhe o sustento. Não coloque o seu coração no homem, entenda que Deus vai usar homens, mas a fonte é Ele. O Senhor vai usar alguém para supri-lo, mas a fonte é Ele.

Um conhecido pastor disse em uma de suas pregações que jamais agradece a alguém por uma oferta que recebe. Quando uma pessoa vem até ele para lhe dar uma oferta, ele pergunta se ela é da pessoa ou se foi Deus que mandou entregar. Invariavelmente, a resposta sempre é: “Foi Deus que mandou”. Então, ele diz: “Se foi Deus que mandou, então você veio apenas trazer a encomenda”. Ele reconhece que o mensageiro não é a origem da bênção, mas Deus, que mandou aquele mensageiro entregar aquela oferta. Parece uma atitude meio antipática, mas eu entendi o ponto, ele deseja que sempre fique claro que ele depende de Deus, e não dos homens (Sl 75.6-7).

Você nunca receberá sua bênção se ficar sentado esperando por homens. Não é a doação de outros que vai determinar sua renda, é o seu próprio dar que a determinará. Sua própria semente controla sua colheita. Se plantarmos, colheremos. Alguns ignoram essa lei porque hoje vivemos na graça, então esperam sempre colher sem plantar. Mas a graça de Deus nos dá a semente, porém cabe a nós fazermos a semeadura para colhermos.

Tudo o que Deus nos dá é na forma de sementes. Ele não nos dá nada pronto, mas como sementes. Deus lhe dá habilidades em forma de sementes e é você que deve desenvolvê-las. Deus já lhe deu a semente da sua prosperidade. É sua semeadura que determina o tipo e o tamanho da colheita.

A Bíblia diz que Deus dá semente ao que semeia. Na sua graça, Deus lhe dá a semente. Entretanto, se você é tolo e come toda a semente, vai ter uma boa refeição hoje, mas nada para amanhã. Você precisa ser sábio. Semeie uma parte de sua semente. Mas o que é semente? É qualquer coisa que Deus lhe dá. O que é colheita? É qualquer coisa que você acha que é o suficiente para você. Todavia, se você acha que ainda não é o suficiente, então isso ainda é uma semente.

Quando retém algo, você se torna escravo, mas quando abre mão, torna-se senhor daquilo. Entretanto, ao abrir mão de algo, aquilo não sai da sua vida realmente, antes vai ser usado para abençoar outros e depois voltará para você como um bumerangue, só que maior do que quando saiu.

Você ganha domínio sobre aquilo de que abre mão. Quando você consegue abrir mão do dinheiro, torna-se senhor sobre ele, e ele não pode mais dominá-lo, por isso é tão importante aprender a semear. A semeadura nos faz livres de mamon.

Fonte: Paz financeira – Como vencer as dívidas

Pr. André Francisco

Opmerkingen


bottom of page