top of page
Buscar

Avance em seu ministério

Confira algumas respostas da Pra. Márcia Silva para auxiliar os discipuladores da Rede Radicais Kids no treinamento de seus líderes e no crescimento ministerial.


Quem deve fazer o primeiro treinamento com o líder antes de ele começar a liderar a célula?

O pastor da rede.

Esse treinamento é feito com o Manual do líder de célula de crianças e juvenis. O pastor deve falar da visão de maneira geral e comentar os pontos mais importantes sobre a reunião da célula, o material, o relatório e o discipulado. Depois, o líder lerá o manual e seu discipulador ministrará cada capítulo para que ele conheça tudo, desde o começo da célula até sua multiplicação.


Alguém pode ser discipulador em duas redes?

Não. Aceitamos que alguns líderes liderem na rede de crianças e em outra rede, pois como as crianças e os juvenis não lideram, às vezes é preciso multiplicar células e não temos o líder pronto ainda. Mas, como discipulador, você só pode liderar em uma rede.


Como deve ser o discipulado daquele líder que lidera em mais de uma rede e tem dois discipuladores?

Nesse caso, o líder deve prestar contas aos dois discipuladores das duas células que ele lidera, e também deve participar das duas reuniões de discipulado. Mas o líder deve escolher um dos discipuladores para discipulá-lo diretamente, ou seja, aquele que vai falar em sua vida pessoal. É bom lembrar que isso acontece apenas na rede de crianças, mas tem diminuído muito, pois a maioria dos líderes lideram apenas em uma rede.

Como lidar com aquele líder que não reconhece o discipulador e não se submete a ele?

Você não deve buscar reconhecimento, mas não deve abrir mão da submissão. É preciso lidar com sabedoria e perseverança, sem desistir de seus líderes e não permitir que fique um ambiente ruim no relacionamento. Em alguns casos, antes que os líderes reconheçam sua liderança, você precisa pagar um preço por eles até conquistar a sua confiança. Conquiste-os com seu amor, orando por eles, servindo, ensinando, ajudando em sua liderança. Lidere-os com competência, mostre que você sabe o que está fazendo, passe segurança na hora de liderá-los. O reconhecimento virá à medida que eles virem sua postura firme, comprometida e amorosa com eles, bem como sua coerência em não abrir mão do padrão, e principalmente ao verem o fluir da vida de Deus em sua vida.

A submissão é um requisito básico para que o discipulado flua, pois significa reconhecer a autoridade do outro. Embora não possamos forçar ninguém a se submeter, você não deve aceitar a falta de respeito, ou que o líder ignore suas direções. Se for necessário, converse com seu pastor, mas não faça isso antes de pagar um preço em Deus por seus líderes. Não busque reconhecimento, busque unção, e você terá discípulos.


Dez princípios para desenvolver a liderança visando multiplicá-la


ü Faça o que precisa ser feito.

ü Rejeite uma liderança frágil.

ü Construa relacionamentos saudáveis.

ü Seja fiel no pouco.

ü Cresça em oração.

ü Não negocie os resultados.

ü Lidere com um propósito.

ü Dependa de Deus.

ü Multiplique-se.

ü Celebre.

Fonte: Manual do discipulador de crianças e juvenis

Commenti


bottom of page