top of page
Buscar

Ciência e Fé

Nossa afirmação sobre a existência de Deus é baseada na fé ou na ciência? Quando vamos representar nossas defesas diante do meio secular, nossos embasamentos são na Fé ou na Ciência? A visão de uma escola cristã e a do professor cristão é pautada na ciência ou na fé?

 

Pela fé, cremos que Deus é Soberano, que a Palavra de Deus é a Verdade, que Jesus é o único Salvador e que Ele voltará, ou seja, cremos na criação, queda, consumação e redenção. No entanto, não podemos ficar à parte das informações desta terra, Deus precisa de pessoas crentes com conhecimento científico e legal para ocupar espaço de influência na sociedade.

 

Baseados também em dados empíricos da Psicologia e em direitos previstos na Constituição do nosso país é que não apoiamos o ensino de conteúdos de estímulo sexual apresentados atualmente ou a ideologia de gênero para crianças. Não deve ser uma luta com defesas apenas de acordo com a fé que professamos, o que estamos propondo não é um movimento religioso ou até preconceituoso, como alguns definem, mas existem bases legais e científicas que devem sustentar nosso discurso. Busquemos esclarecimento na Palavra de Deus sobre todo tipo de informação que chega até nós. Mas busquemos também informação histórica, dados e teorias científicas, para sabermos nos posicionar conforme o que é exigido em cada ocasião.

 

Quando defendemos que o educador cristão precisa ter excelência acadêmica, estamos falando também de saber defender cientificamente alguns conceitos como sendo ciência, e não puramente baseado na própria fé, como é o caso, por exemplo, da teoria do criacionismo.  Ainda há muita discussão sobre a validez do criacionismo, o qual é definido como “a crença de que o universo e organismos vivos se originaram de atos específicos da criação divina, como descrito na narrativa bíblica, em vez de processos naturais, como a evolução”. No entanto, o criacionismo já deixou de ser apenas uma teoria ou uma crença, pois já tem suas comprovações científicas.

 

A educação, a ciência e praticamente todas as áreas de conhecimento são sustentadas por uma fundamentação filosófica. O objetivo de uma escola genuinamente cristã é formar cidadãos academicamente competentes, comprometidos com a Verdade e que superem os conflitos impostos pelo relativismo.

A educação cristã é uma ferramenta para formar alunos a pensar como Deus pensa em todas as áreas. A Palavra de Deus é útil para nos instruir a respeito de qualquer assunto.

Creio que, se não existissem teorias sobre a aprendizagem secular, com certeza poderíamos aprendê-las na Palavra. Aliás, é da Palavra de Deus que procede toda ciência.

 

Como escola genuinamente cristã, estamos ensinando a ciência e alimentando a fé.

 

 

Lílian Silva Ribeiro - Diretora Pedagógica - Escola Videira Goiânia

Comments


bottom of page