top of page
Buscar

Sete fatos surpreendentes sobre os Dez Mandamentos

  1. Eles estão na base da civilização, ensinando as pessoas a viver com Deus e com os outros.

  2. São a base dos sistemas legais em todas as nações.

  3. São ensinados pelas maiores religiões (judaís­mo, cristianismo e islamismo).

  4. São ensinados por todas as denominações cristãs (católica, protestante e evangélica).

  5. Existem há mais de quatro mil anos.

  6. Foram escritos por Deus com o seu dedo de fogo em duas tábuas de pedra no topo do Monte Sinai, no Egito.

  7. Influenciam as gerações modernas tanto quanto influenciaram as gerações passadas.


POR QUE ELES SÃO TÃO IMPORTANTES PARA TANTAS PESSOAS?


a) Eles revelam o cuidado de Deus

“Não toque nisso!” Todos os pais dizem palavras como essas para suas crianças. Se uma criança puser as mãos em um fogo, o pai responderá com um comando firme. Não porque ele quer oprimi-la, mas porque quer protegê-la. Deus é um Pai, e Ele também quer nos proteger de danos.

Os Dez Mandamentos também são ordens para nos proteger de perigos. São ditos no negativo — “Não terás” — para produzir efeitos positivos — proteção, paz e pros­peridade. A vida sem leis seria impossível. Imagine quão perigosas nossas estradas seriam se não houvesse limite de velocidade. Imagine as partidas de futebol sem regras.

A vida em sua plenitude acontece quando vivemos dentro de suas leis. Os Mandamentos são como as linhas limítrofes na extremidade da estrada. Eles fixam os limites de vida. Eles nos advertem para não cruzarmos aquela linha para nossa própria segurança e para a segurança de outros.


b) Eles revelam o caráter de Deus

Você conheceu alguém famoso? Talvez um astro de cinema ou um jogador? Parecem ser altos ou enigmáticos até que você consiga falar com eles. Depois, você percebe que são pessoas normais, assim como nós.

Se você quiser conhecer alguém, precisa escutar o que essa pessoa tem a dizer. Nossas palavras revelam quem somos. Assim também acontece com Deus. Se você quer conhecer a Deus como Ele é, precisa considerar o que Ele diz.

Os Mandamentos são as palavras de Deus e revelam o seu caráter. Eles nos mostram que Deus é verdadeiro e amoroso e requerem bondade, santidade e justiça, nos mostrando a sua sabedoria e amor.


c) Eles revelam a condição do homem

O filme “A Carruagem de Fogo” descreve a história do atleta inglês Harold Abrams, que era um dos corredores mais rápidos do mundo nos 100 metros. Após ganhar todas as corridas que disputou, ele pensou que facilmente ganharia uma medalha de ouro nos Jogos das Ilhas Britânicas. Porém, para sua surpresa, no dia da corrida, um menino escocês desconhecido chamado Eric Liddel correu tão mais rápido que ele que Abrams não só perdeu, mas temporariamente entrou em um estado de desespero.

Como esse atleta, quando nos comparamos com uma oposição fraca, parecemos os melhores. Porém, precisamos nos comparar com o padrão de Deus e então veremos a nossa verdadeira condição e nível de espiritualidade.

A vontade de Deus é que não nos enganemos pensan­do de nós além do que convém. Em um mundo de super­ficialidade e pretensões, precisamos ter uma visão honesta. Um provérbio antigo declara: “Uma resposta honesta é tão refrescante como um beijo nos lábios”.

Falando de saúde física, é muito melhor descobrir se você tem uma enfermidade o mais cedo possível, para que você possa tratá-la (tragicamente, muitas pessoas descobrem isso muito tarde). Os Mandamentos não avaliam sua vida física, mas sua vida espiritual, e revelam nossas áreas doentias. Seu futuro depende muito de conhecer e tratar estas áreas tão logo que puder, para ter a melhor vida possível.


Fonte: 11ª Questão– Pr. Giles Stevens

Comentarios


bottom of page